O setor de Qualidade em uma empresa

Atualizado: 30 de Jun de 2020


Sabe aquela sensação maravilhosa de entregar um projeto de excelência?

Sabemos que o compromisso com a excelência dos produtos finais é um dos principais objetivos de todas as empresas, e que para isso é necessário uma série de investimentos e melhorias. No entanto, o setor fundamental que se dedica a esse objetivo, muitas vezes não recebe as devidas atenções. Será que todos sabem o que realmente é o setor de Qualidade e quais as suas funções? Isso é o que esclareceremos agora!


O que é o setor de Qualidade?


Antes de responder essa questão, vamos analisar a ideia pela qual o setor de qualidade atua, a Gestão de Qualidade (QG). A GQ está relacionada com a necessidade de se fiscalizar as funções de um serviço ou produto, sua fabricação, implementação, entre outros. Ela visa as melhorias na produção e a satisfação do cliente através do controle e da organização.


O setor de Qualidade se baseia nessa estratégia, pois é a parte responsável por acompanhar os projetos, fiscalizar documentos e prazos, garantir a eficiência e obter os resultados esperados. Além disso, a Qualidade ajuda a manter a equipe envolvida e concentrada no projeto em questão.

O setor de Qualidade na Empresa Junior

Agora você já sabe as principais funções da Qualidade, mas como membros de uma Empresa Júnior, adaptamos esse setor as nossas necessidades! Fizemos um apanhado de algumas funções da Qualidade dentro de uma EJ e elas serão apresentadas a seguir.

1. Contabilização de horas mensais da equipe:

É comum nas empresas a elaboração de relatórios mensais individuais com as atividades realizadas e o tempo gasto em cada uma. O setor de Qualidade analisa os relatórios e contabiliza as horas de cada membro, podendo fazer no final uma média de horas de cada diretoria da EJ.



2. Revisão e padronização de documentos:

Todo projeto a ser realizado gera uma série de documentos (escopos, contratos, apresentações...) e muitas vezes eles são feitos às pressas ou fora do padrão da empresa. Esse padrão refere-se a formatação e estruturação do documento, que pode ser feito pela Qualidade para acelerar o processo. Vale ressaltar que algumas vezes essas ações são realizadas pela própria diretoria de projeto em questão, mas, como esta tem responsabilidade com o conteúdo do projeto, fica mais eficiente deixar essas tarefas para a Qualidade.

3. Realização de auditorias:​

Durante a realização de um projeto, costuma-se fazer auditorias ao longo dele. Basicamente, as auditorias servem para verificar o andamento das atividades e os prazos determinados, para que tudo ocorra como planejado. Essas auditorias podem ser organizadas e analisadas pelo setor de Qualidade, afim de ter um acompanhamento atual das etapas do processo.




4. Acompanhamento de membros:

Todos nós estamos sempre buscando dar o melhor de si e alcançar as metas, certo? Mas muitas vezes encontramos obstáculos que nos atrapalham ou desmotivam. É por isso que o acompanhamento individual tem extrema importância, pois ele busca maximizar os resultados pessoais através da otimização dos recursos técnicos e emocionais, além de identificar possíveis limitações que possam ser minimizadas e até superadas.

Existem muitas ferramentas que podem ser utilizadas, uma das mais eficiente é a Avaliação 360. Essa avaliação consiste numa pesquisa direcionada a cada membro feita por todos aqueles que trabalham com ele utilizando feedbacks e indicadores de desempenho (como o KPI).

5. Acompanhamento de projetos:

Em todos os projetos que realizamos, nós da Catena, temos como objetivo entregar o melhor resultado possível, que deixe o cliente totalmente satisfeito. Entretanto, esse resultado só é obtido quando acompanhamos o projeto fielmente do início ao fim, é muito importante estar ciente de todo o processo.


Bom, a primeira coisa que precisamos fazer é calcular o orçamento e estabelecer os prazos e metas para as etapas do trabalho, fica muito mais fácil trabalhar quando sabemos onde temos que chegar e quanto tempo devemos levar.


Depois disso, é necessário vistoriar cada etapa e os membros que estão envolvidos nelas, isso pode ser feito através das auditorias. Durante essa vistoria, o uso de feedbacks contribui para a continuação e aprimoramento do projeto.


No final, é essencial que verifiquemos tudo que foi feito antes de entregar para o cliente: conferir se o valor final está de acordo com o orçamento dado, se o projeto atende todos os pedidos do cliente e se não há nenhuma falha. Existem ferramentas que podem ser usadas para acompanhar um projeto, apresentamos a vocês um exemplo delas, o OKR:


  • OKR – Objectives and Key Results

Os OKR’s são um conjunto de objetivos inter-relacionados que, quando alcançados, contribuem para os objetivos macros da empresa. A implementação deles permite que os membros entendam suas tarefas e saibam onde direcionar seus esforços.


Como o próprio nome já diz, o OKR possui dois componentes básicos: o Objetivo e os Key Results. O primeiro consiste em descrições qualitativas do que se deseja alcançar, devem ser curtos e inspiradores, como se gerassem um desafio a equipe. Já o segundo seria um conjunto de métricas que medem o seu progresso em direção ao Objetivo. De maneira geral, os OKR’s devem ser objetivos, acordados entre gestor e diretor, e públicos para toda a empresa.




Será que devo ter um setor de Qualidade?

Ao longo desse artigo, apresentamos no que consistia a Qualidade e algumas funções realizadas por ela. Mas afinal, por que ter um setor de Qualidade? Vamos fazer um resumo geral e chegar a uma conclusão.


Toda empresa possui seus colaboradores e objetivos. Nossas ideias e ações levam a um resultado bom ou ruim. Portanto, é fundamental que tenhamos um rumo bem traçado e acompanhado, para que tudo que façamos leve ao melhor resultado e nada atrapalhe nosso desenvolvimento. Muitas empresas não possuem essa área da Qualidade e acabam tendo dificuldades no desenvolvimento, pois as coisas acabam saindo do controle e os resultados nem sempre são os melhores.


O setor de Qualidade vai atuar justamente nisso: fazer com que cada membro forneça o melhor de si, supere suas dificuldades e contribua para o sucesso dos projetos.


E para aqueles que forem trabalhar nesse setor, aqui vai um recado: muitas vezes o trabalho é cansativo, verificar e padronizar documentos, cobrar os companheiros de equipe, mas é exatamente isso que leva ao sucesso da empresa, focar nos prazos e nos objetivos estabelecidos é fundamental para chegar ao resultado que todos desejamos.

imagens em <a href="https://www.freepik.com/free-vector/friends-showing-unity-and-teamwork_1577715.htm">Designed by Freepik</a>

Gostou do nosso artigo? Quer ler mais? Temos outros artigos em nosso blog que podem ser de seu interesse!

- Afinal, o que é consultoria?

Quer saber mais sobre os nós? Acesse nossa carta de serviços e leia mais sobre nós e nossos eventos.


216 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo