top of page

O que é análise PEST ou PESTAL dentro da empresa?


Já ouviu falar sobre a análise Pestal?

Você é empreendedor e não sabe os fatores que impactam o mercado?

E ainda tem dificuldade em seus investimentos por não saber qual esfera está inserido?

É hora de conhecer mais sobre a análise PEST!


Para investir corretamente os recursos de uma empresa, é necessário compreender suas particularidades e o cenário em que ela está inserida. Trata-se de uma tarefa que, sem um direcionamento, pode ser bastante complexa. Para realizá-la, é uma boa ideia seguir técnicas e métodos já conhecidos e comprovados.


O que é análise PESTAL?

A análise PESTAL, também conhecida como PEST, é uma ferramenta utilizada para compreender como o ambiente externo pode impactar no seu negócio, analisando fatores macro ambientais. Essa ferramenta é essencial para detectar oportunidades e possíveis ameaças para o seu negócio.

A matriz PESTAL é um modelo analítico que te proporciona entender até que ponto o que ocorre lá fora pode influenciar nas tomadas de decisão dentro da sua empresa. Fatores externos como a política, economia, tecnologia e ambiente do seu país e do mundo interferem no caminhar do seu negócio. É de grande importância observamos e alisarmos os fatores internos e externos que podem influenciar no ramo empresarial, ainda mais quando estamos abrindo nosso próprio negócio.


PEST é um acrônimo que une as palavras Política (P), Economia (E), Social (S), Tecnologia (T). É interessante ressaltar que alguns especialistas acreditam na importância de adicionar outros dois fatores: Ambiental (A) e Legal (L). Sendo assim, a nomenclatura pode variar, ficando assim conhecido como PESTAL.


Qual é a importância da matriz PESTAL?

Os principais pontos a serem analisados são as categorias:

  • Políticas

  • Econômicas

  • Sociais

  • Tecnológicas

  • Ambientais

  • Legais


POLÍTICO

Os fatores políticos são aqueles que podem influenciar o seu negócio através de novas políticas governamentais, eleições, mudanças de governo. Esse fator tem um impacto direto no setor privado, pois quando um governo interfere muito na economia pode criar desafios ou oportunidades para o setor.

Algumas questões podem ser levantadas para se planejar, tais como:

  1. Quando serão as próximas eleições? Como os períodos eleitorais podem impactar sua empresa? Quais os impactos que as eleições podem trazer?

  2. Quais políticas tendem a ser adotadas pelos candidatos que influenciam seu negócio?

  3. Quais as restrições que o governo impõe ao seu setor?


ECONÔMICO

Os fatores econômicos podem ser divididos em duas categorias: macroeconômicos e microeconômicos. Os primeiros são os que contemplam as condições gerais de oferta e demanda na economia. A falta de interesse em um item, por exemplo, pode significar que ele não é mais tão relevante para o mercado.

Já os elementos microeconômicos são mais voltados para a individualidade dos consumidores. Por exemplo, uma situação econômica próspera, em que o público tem um aumento na renda mensal, pode indicar uma abertura para serviços mais selecionados e preços mais robustos.

Crescimento, estagnação ou declínio da economia, inflação, taxas de câmbio e de juros, disponibilidade de crédito, desemprego, renda dos consumidores, entre outros estão todos incluídos nos fatores econômicos.

  1. A economia está estagnada, em crescimento ou declínio?

  2. Qual a taxa de desemprego?

  3. O nível de renda da persona está crescendo ou diminuindo?


SOCIAIS

Também conhecido como fatores socioculturais, incluem aspectos demográficos e culturais da sociedade, como taxas de crescimento, mudanças de gerações, tabus culturais, padrões de consumo e entre outros. Entender o contexto social em que a sua persona está inserida possibilita criação de campanhas para que ela se identifique e engaje com o propósito do seu negócio. Confira algumas perguntas que podem te auxiliar nessa etapa:

  1. Como está o crescimento populacional e qual é a média de idade?

  2. Como a cultura da população tem influenciado as decisões de compras?

  3. As tendências de consumo são diferentes se comparadas a faixas etárias distintas?


TECNOLÓGICOS

Estes fatores estão relacionados com a modernização nos processos do seu negócio. É a forma de você procurar soluções mais eficientes para suas dificuldades operacionais. É importante que os aspectos abaixo sejam analisados:

  1. Quais tecnologias podem automatizar os processos da sua empresa?

  2. Seus competidores têm tecnologias mais avançadas que as suas?

  3. Quais tecnologias estão em ascensão no mercado?


AMBIENTAIS

Esse tópico é referente aos impactos ambientais que afetam seu negócio, como gestão de resíduos, regulamentos ambientais, sustentabilidade e entre outros. As empresas que adotam políticas prejudiciais à natureza podem ser punidas com multas, além da rejeição do público. Não queremos ser cancelados, né!? Então, responda às seguintes questões:

  1. Nossas operações afetam o meio ambiente? Se sim, de que forma? É possível reduzir esses danos?

  2. Nossos clientes dão preferências aos produtos sustentáveis?

  3. Como é a regulamentação ecológica do mercado?


LEGAIS

Por último, há os fatores legais que, como o nome já diz, são relacionados à legislação da região em que atua. Esse tópico se refere às legislações vigentes e futuras, leis trabalhistas, processo regulatório, regulamentos fiscais, código de proteção ao consumidor etc. Confira algumas perguntas que podem guiar a sua análise:

  1. Existe alguma legislação vigente ou mudança de tributação que está impactando a sua empresa?

  2. A sua empresa está de acordo com a lei vigente?

  3. A empresa atende as normas do consumidor?


Quais são as diferenças entre a análise PEST e a SWOT?


Como estamos falando muito de identificação de ameaças, oportunidades e análise de fatores externos, você pode ter se lembrado da análise SWOT. Embora seja semelhante à análise PEST e tenha objetivos parecidos, a metodologia, também conhecida como matriz FOFA, apresenta diferenças notórias.

A principal diz respeito aos elementos observados em cada método. Enquanto a PEST foca os fatores externos e busca ampliar ao máximo a visão do que cerca a empresa, a SWOT leva em conta os aspectos internos, como o clima organizacional e a produtividade dos colaboradores.


Você deve estar se perguntando qual utilizar?

Não existe uma resposta certa. Se você quer uma análise interna, a matriz SWOT é ideal para você. Se você só quer uma análise externa aprofundada, a análise PEST é o que você procura. Se você quiser tanto uma análise interna quanto uma análise externa aprofundada, utilizar a matriz PEST e a matriz SWOT é o melhor caminho a ser seguido.


Gostou do conteúdo?

Curta e comente o post.

CONTATe-
noS

Tel. (22) 99873-0354
contato@catenaufrj.com

  • Instagram
  • Facebook
  • LinkedIn

VISITe-
noS

av. Aloísio da Silva Gomes, 50, Novo Cavaleiros

UFRJ - Campus Macaé

MACAÉ - RJ

CEP - 27930-560

diga-
noS

Obrigado(a)

bottom of page